Justiça

Ricardo Salgado condenado a oito anos de prisão

O Tribunal da Relação de Lisboa deu esta quarta-feira razão parcial ao Ministério Público e aumentou a pena de prisão de Ricardo Salgado de seis para oito anos, por três crimes de abuso de confiança, avança o Observador.

Em causa o processo separado da Operação Marquês, no qual o antigo presidente do Banco Espírito Santo foi condenado na primeira instância, em Março de 2022, a seis anos de prisão efectiva por três crimes de abuso de confiança.

Nessa decisão, o colectivo presidido pelo juiz Francisco Henriques referiu a existência da doença de Alzheimer por parte de Ricardo Salgado, mas sem voltar a mencioná-la na aplicação da pena.

Esse exame, segundo a defesa, era fundamental para determinar a medida da pena de prisão por parte do tribunal de primeira instância, mas a Relação de Lisboa não concordou.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito