Justiça

Mulher alemã detida no Algarve vai ser extraditada

A Polícia Judiciária (PJ) deteve esta quinta-feira, no Algarve, uma cidadã alemã, em cumprimento de um mandado de detenção europeu emitido pelas autoridades alemãs, informa hoje aquela polícia em comunicado.

A detida, de 43 anos, era “procurada por crimes contra as pessoas, desde a data em que abandonou o seu país de residência, em Agosto 2022, levando consigo dois filhos menores, de cinco e nove anos de idade, contrariando ordem judiciária de entrega dos filhos ao progenitor”.

Segundo a PJ, “a mulher e as duas crianças tinham uma vida itinerante, sem qualquer fonte de receita, e foram localizadas numa habitação ocasional, sem quaisquer condições de habitabilidade”.

A situação foi comunicada ao tribunal de Família e Menores, no sentido de assegurar os actos jurisdicionais necessários ao cumprimento de ordem de entrega das crianças ao progenitor, emitido pelas autoridades alemãs. As crianças estão agora à guarda de uma instituição de apoio a emergência infantil.

A detida foi presente ao Tribunal da Relação de Évora, a fim de serem apreciados os trâmites legais associados ao processo de extradição para a Alemanha, tendo ficado em prisão preventiva.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito