Internacional

Kenzo, oito anos, doente oncológico, agredido num estádio de futebol por vestir camisola do clube adversário

No último sábado, 3 de Junho, quando o Marselha foi jogar a casa do Ajaccio, na última jornada da liga francesa.

Kenzo é um jovem adepto do Marselha, tem apenas oito anos de idade, é doente oncológico e foi agredido, juntamente com o seu pai, por adeptos do Ajaccio.

Tudo aconteceu no último sábado, 3 de Junho, quando o Marselha foi jogar a casa do Ajaccio, na última jornada da liga francesa, e Kenzo, que faz parte de uma associação que realizou uma visita ao Ajaccio durante o mês de Abril, foi convidado pela equipa da ilha da Córsega a assistir ao jogo no camarote do estádio com a sua família.

“Como pensávamos que estávamos seguros no camarote, permitimos que Kenzo vestisse a camisola do Marselha. O meu marido pegou nele pela mão para lhe mostrar os jogadores a entrar em campo. E tudo deu errado. Empurraram o meu filho e a cabeça dele bateu na grade. Agrediram o meu marido com murros e pontapés. Arrancaram a camisola do Kenzo e foram queimá-la. Antes de sair do camarote, eles ainda cuspiram na comida que estava à nossa disposição. Kenzo tem a noção de que está muito doente, está a perder a visão por causa do tumor e disse-me que antes que deixasse de conseguir ver, queria ir ver o Marselha, em Ajaccio”, conta a mãe de Kenzo.

Entretanto, o AC Ajaccio também já emitiu um comunicado a condenar as agressões: “No dia 25 de Abril, o AC Ajaccio teve o prazer de receber a associação “Des coccinelles rouges pour Thomas” no estádio François-Coty. Entre eles, estava o pequeno Kenzo, que sofre de cancro. Ele expressou o seu sonho de conhecer os jogadores do Marselha, clube da sua cidade e do seu coração. Kenzo e a sua família foram convidados (…). O sonho rapidamente se transformou em pesadelo quando Kenzo e os seus pais, que vieram com as cores do Marselha, foram vergonhosamente agredidos por indivíduos que invadiram o seu camarote. Alertados, os seguranças do clube intervieram (…). Estes indivíduos não representam de forma alguma os valores do nosso clube. Mesmo a estupidez mais extrema não pode desculpar esses comportamentos! O clube condena veementemente estes actos indescritíveis! Assim que os indivíduos forem identificados pelos nossos serviços, iremos denunciar os mesmos. O AC Ajaccio solidariza-se com o pequeno Kenzo e os seus pais”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito