Internacional

Grécia | Maior acidente ferroviário de sempre provoca pelo menos 36 mortos e 130 feridos

O primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis, decretou esta quarta-feira luto nacional de três dias pelas vítimas da colisão de dois comboios registada na noite passada no norte da Grécia, que provocou 36 mortos e 130 feridos.

Os dois comboios colidiram pouco antes da meia-noite local (22h00 em Lisboa) perto de Tempe, uma pequena cidade localizada num vale onde existe um túnel ferroviário, a cerca de 300 quilómetros a norte de Atenas. O choque provocou o descarrilamento de várias carruagens e pelo menos três delas incendiaram-se.

Cerca de 150 bombeiros, com 17 viaturas e quatro gruas estão esta manhã a trabalhar na busca de sobreviventes. Segundo os bombeiros, pelo menos 66 pessoas tiveram de ser hospitalizadas, seis das quais nos cuidados intensivos.

Ao que tudo indica, os comboios – um de passageiros e outro de carga –, ambos operados pela empresa Hellenic Train, viajavam na mesma via em alta velocidade no momento do acidente, o que, em princípio, aponta para falha humana para aquele que já considerado o maior acidente ferroviário de sempre naquele país.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito