Internacional

Duas toneladas de cocaína avaliada em mais de 400 milhões de euros a boiar no mar

Os militares do comando da Catânia da Guardia di Finanza italiana encontraram esta segunda-feira qualquer coisa como 70 fardos de cocaína, avaliada em mais de 400 milhões de euros, colocados em “embalagens flutuantes”, ao largo da costa oriental da Sicília.

Os fardos estavam dentro de uma rede que evitava que se dispersassem e tinham um dispositivo de sinalização luminosa e localização.

Em comunicado, a Guardia di Finanza revela que os fardos continham aproximadamente duas toneladas de cocaína. “Através de um exame sumário e externo foi possível verificar o cuidado particular da embalagem, provavelmente destinado a evitar infiltrações de água de forma a preservar o conteúdo e, ao mesmo tempo, evitar que se afundassem. Os métodos peculiares de embalagem e a presença de um dispositivo luminoso que permitisse localizá-lo levantam a hipótese de que poderia ser uma carga de droga que pode ter sido deixada no mar por um dos navios de carga que atravessam aquela rota na costa para ser posteriormente recuperada e transportada para o continente”, lê-se no comunicado.

Esta foi uma das maiores apreensões já feitas em território italiano e que, segundo o comunicado, “impediu a recuperação da droga pelos criminosos para posterior comercialização ilegal em território nacional, o que teria rendido lucros muito elevados, na ordem dos 400 milhões de euros a retalho”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito