Internacional

Canadá dá licença a empresa para produzir e vender cocaína

O Governo do Canadá atribuiu esta quinta-feira uma licença de produção e distribuição de cocaína à empresa Adastra Labs para tentar melhorar as condições de segurança dos toxicodependentes no país.

A empresa, especializada no processamento de canábis, anunciou ter recebido aprovação da autoridade de Saúde do Canadá para fornecer drogas e substâncias controladas a toxicodependentes, permitindo lidar com até 250 gramas de cocaína e importar folhas de coca para fabricar e sintetizar a substância.

Segundo o canal público Canadian Broadcasting Corporation, a oposição ao Governo de Justin Trudeau já criticou a medida, sublinhando que aquela droga não é segura. “A cocaína não se prescreve, não é segura e isto está errado. Comercializar cocaína como uma oportunidade de negócio equivale a legalizar o tráfico de cocaína, e ponto final”, disse Kevin Falcon, do Partido Liberal da província de Colúmbia Britânica.

Recorde-se que mais de 11 mil pessoas já morreram de overdose de substâncias ilícitas desde que a Colúmbia Britânica, no oeste do Canadá, declarou emergência de saúde pública em 2016. As mortes dispararam principalmente quando o fentanil, um opioide, se tornou na droga ilícita dominante.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito