Distrito de SetúbalSines

Sines | Autarquia cede terreno para nova residência de estudantes do IPS

O Instituto Politécnico de Setúbal vai criar uma nova residência com 45 camas, com um investimento de 1,9 milhões de euros, em Sines.

O novo equipamento já tem um lote de terreno cedido pela Câmara Municipal de Sines, e de acordo com a autarquia, «a obra da nova residência encontra-se adjudicada», prevendo-se o arranque da construção no início do próximo ano.

Em comunicado, o município indicou que, no dia 18 de dezembro, foi assinada a escritura para a cedência gratuita do direito de superfície do lote de terreno que vai acolher a residência de estudantes em Sines.

«O lote situa-se no Plano de Pormenor da Zona de Expansão Sul-Nascente e tem cerca de 1.500 metros quadrados, destinando-se à construção de uma residência de estudantes com capacidade de 45 camas, com possibilidade de expansão.»

O futuro equipamento irá dispor de preços regulados para estudantes nacionais carenciados e deslocados, e criar oportunidades de alojamento para estudantes internacionais.

Contactada pela agência Lusa, fonte do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) precisou que se trata de um investimento de 1,9 milhões de euros, com financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

O projeto de construção da futura residência estudantil surge no seguimento de um protocolo assinado, em julho de 2021, entre o município de Sines e o IPS, que estabelece «a criação de condições para a instalação de uma escola superior» do IPS naquele concelho.

«A residência enquadra-se nesse processo, sendo essencial para a fixação de estudantes oriundos de outras localizações que queiram fazer os seus estudos na futura escola de Sines» salientou ainda o município.

O presidente da Câmara de Sines, Nuno Mascarenhas, citado no comunicado, declara que este «é um passo muito importante para a consolidação da intenção de abrir uma escola superior do Instituto Politécnico de Setúbal em Sines.

Uma escola superior em Sines é essencial para atrair mais jovens e para o percurso que as pequenas, médias e grandes empresas estão a fazer.»

Segundo a presidente do IPS, Ângela Lemos, este equipamento vai permitir «alojamento a preços acessíveis aos atuais estudantes do politécnico que frequentam os cursos técnicos superiores profissionais e aos futuros estudantes da escola superior de Sines».


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

comentário