Santiago do Cacém

Santiago do Cacém | Vigília contra encerramento do Posto da GNR de Ermidas-Sado

O anúncio do possível encerramento do Posto da GNR de Ermidas-Sado mobiliza a MUSP – Movimento de Utentes de Serviços Públicos e a Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Concelho de Santiago do Cacém para realizar, na segunda-feira, uma vigília de protesto.

A vigília está marcada para segunda-feira, 16 de Outubro, a partir das 18h00, com os residentes a exigir também mais efetivos e mais segurança na freguesia de Ermidas-Sado.

O edifício onde funciona o posto da GNR foi adquirido por particulares em Maio deste ano, e, entretanto, o Governo deu a conhecer a intenção de o encerrar ainda durante este mês de Outubro, apesar de o proprietário ter chegado a um acordo com o Comando Distrital de Setúbal sobre a manutenção da GNR naquele edifício.

Em comunicado enviado ás redações, a Comissão de Utentes frisa que este posto tem, «além da competência de patrulhamento de duas freguesias de Ermidas-sado e Abela, uma localização estratégica com acesso ao Itinerário Complementar (IC) 1 e também à ferrovia [e] um papel muito importante para o acompanhamento destas vias estruturantes».

Caso seja encerrado o posto, a proteção e segurança das freguesias de Alvalade, Abela, Ermidas-Sado, São Domingos e Vale d’Água, terão de ser garantidas apenas pelos militares do posto da GNR de Alvalade, numa extensão de cerca de 600 quilómetros.

A Comissão explica que «este posto não tem condições, nem meios materiais e humanos» para garantir a segurança das populações de todas essas freguesias.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito