Distrito de Viana do Castelo

Padre confirma abuso sexual de menor e fica proibido de exercer

Um padre de 39 anos que prestava serviços em várias paróquias do concelho de Monção confessou ter cometido um crime de abuso sexual de menores e a Diocese de Viana do Castelo, que tinha recebido uma denúncia – entretanto comunicada “às autoridades civis e canónicas competentes” -, confrontou o padre que “confirmou os factos de que é acusado”.

Via comunicado, a diocese de Viana do Castelo garante ter notificado as autoridades civis e realça que padre está agora proibido de exercer as suas funções, salientando ainda que “partilha do profundo sofrimento da vítima e família, sendo com enorme sentimento de vergonha que torna públicos estes factos, desejando, também, exprimir o maior afecto e cuidado às comunidades paroquiais até agora confiadas” ao pároco.

O padre ministrava até agora nas paróquias do Divino Salvador de Cambeses, Santa Maria de Abedim, Nossa Senhora das Neves de Bela, São João Baptista de Longos Vales, São João Baptista de Portela e São Miguel de Sago e, era assistente dos convívios fraternos, em Monção.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito