Mundo

Naufrágio na Indonésia provoca onze mortes e nove desaparecidos

As equipas de resgate já foram mobilizadas ao local para procurar nove pessoas desaparecidas após o barco que transportava pelo menos 78 pessoas ter afundado ao largo da costa oeste da Indonésia.

O Evelyn Calista 01 transportava 72 passageiros, a maioria pessoas que regressaram de visitas às cidades natais para celebrar o feriado islâmico de Eid al-Fitr com familiares, e seis tripulantes.

Até o momento, já foram confirmadas 11 mortes. O chefe da Agência de Busca e Resgate de Pekanbaru, capital da província de Riau, disse que foram resgatadas 58 pessoas, muitas delas inconscientes após horas a flutuar em águas agitadas. A maioria dos 11 mortos eram mulheres e crianças.

O barco afundou na tarde de quinta-feira, cerca de três horas depois de deixar um porto em Tembilahan, uma cidade na região de Indragiri Hilir, também na província de Riau. O destino era a cidade de Tanjung Pinang, na província vizinha das Ilhas Riau, uma viagem de 200 quilômetros.

A investigação sobre a causa do acidente ainda está em processo, mas alguns sobreviventes disseram às autoridades que o barco balançou repentinamente e virou depois de bater em um grande tronco enquanto navegava em ventos fortes, afirmou o chefe da polícia local Norhayat.

Dois rebocadores e dois barcos infláveis continuam à procura dos desaparecidos, disse Norhayat, acrescentando que um dos rebocadores arrastou o barco para um porto antes do anoitecer de quinta-feira com o intuito de facilitar as buscas.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito