DestaqueMundo
Em Destaque

Cientistas alertam para possível pandemia de gripe no futuro

Cientistas advertem que a próxima grande pandemia infeciosa será provavelmente causada por uma estirpe do vírus da gripe, revela um estudo internacional a ser divulgado na próxima semana.

Um estudo internacional realizado por 187 cientistas especializados revela que 57% deles [cientistas] acreditam que uma estirpe do vírus da gripe será a causa da próxima grande pandemia infeciosa. A pesquisa, cujos detalhes serão apresentados no congresso da Sociedade Europeia de Microbiologia Clínica e Doenças Infeciosas (ESCMID) em Barcelona, indica que o ‘Influenza’ representa a maior ameaça à saúde global.

Jon Salmanton-García, responsável pelo estudo da Universidade de Colónia, destaca que o ‘Influenza’ está constantemente em evolução e mutação, sendo responsável por surtos sazonais de gripe. No entanto, ele alerta que as estirpes do vírus podem se tornar mais virulentas, representando um risco pandémico significativo.

Além disso, 21% dos cientistas identificam como possível origem da próxima pandemia um vírus desconhecido, denominado “Doença X”, semelhante ao surgimento do SARS-CoV-2 em 2019.

Embora o vírus da Covid-19 ainda seja uma ameaça, apenas 15% dos cientistas o consideram como a terceira causa provável de uma pandemia futura. Outros microorganismos, como os vírus do Lassa, Nipah, Ébola e Zika, também foram citados como ameaças globais.

Recentemente, a disseminação da estirpe H5N1 do vírus da gripe, responsável por uma epidemia de gripe aviária desde 2020, tem causado preocupação. O vírus foi detetado em espécies de mamíferos, incluindo gado doméstico, aumentando os temores de uma possível transmissão para humanos.

Os especialistas alertam que, à medida que o vírus se espalha entre diferentes espécies, há um aumento do risco de mutação e infeção em seres humanos, representando uma ameaça crescente à saúde pública.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito