Desporto

Mundial 2022: Mais de metade dos jogadores chamados à Selecção são representados por Jorge Mendes

Fernando Santos divulgou esta quinta-feira a lista de convocados da Selecção Nacional para o Campeonato Mundial de 2022, a disputar no Catar, entre 20 de Novembro e 18 de Dezembro.

Numa análise rápida que fizemos à convocatória percebe-se facilmente que mais de metade da equipa “pertence” ao empresário Jorge Mendes. Ou seja, dos 26 jogadores eleitos, apenas 11 não são representados pela Gestifute, a empresa de gestão de carreiras de profissionais desportivos liderada pelo conhecido agente, que representa um total de 15 seleccionados.

Portanto, apenas não fazem parte da carteira de jogadores de Jorge Mendes os futebolistas Nuno Mendes (Paris Saint-Germain) e Bruno Fernandes (Manchester United), representados pela MRP PositionNumber, Diogo Dalot (Manchester United) e Ricardo Horta (SC Braga), representados pela Proeleven, Raphaël Guerreiro (Borussia Dortmund), da Wasserman, Otávio (FC Porto), da Live Soccer, João Mário (Benfica), da P&P Sport Management S.A.M., William Carvalho (Bétis), da PCR Sports, Gonçalo Ramos (Benfica), da Idoloásis e, finalmente, Palhinha (Fulham) e Rafael Leão (AC Milan), que não têm as suas situações resolvidas.

A Selecção Nacional estreia-se no Catar frente ao Gana no próximo dia 24.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito