Mundo

Mais 1.800 funcionários russos ficam sem emprego

As marcas vão anunciando a conta gotas a sua saída do mercado russo.

Com a invasão da Rússia à Ucrânia, as sanções colocadas pela a Europa tem sido bastante pesadas e com elas os vários bloqueios vão deixando lojas fechadas em território russo. Depois de algumas empresas já terem abandonado o mercado russo, como o IKEA ou o McDonalds, chega a vez do setor das bebidas também começarem a abandonar aquele mercado.

As empresas de cervejas começaram a anunciar a sua saída da Rússia, a dinamarquesa Carlsberg anunciou esta segunda-feira que irá deixar aquele mercado e também os holandeses da Heineken anunciaram que vão deixar a Rússia.

Com a saída desta última empresa daquele mercado, 1.800 funcionários russos vão para o desemprego. Esta semana espera-se o anuncio de mais empresas que possam vir a abandonar a Rússia.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito