Distrito do Porto

Mãe e filho despejados vivem desde Setembro numa tenda na praia de Matosinhos

Amélia Ferreira, reformada, 66 anos, e Daniel Tato, desempregado, 41, foram despejados da casa onde residiam na Afurada, em Vila Nova de Gaia, e vivem desde Setembro numa tenda na praia do Titan, em Matosinhos.

Amélia e Daniel ficaram sem-abrigo da noite para o dia por decisão dos herdeiros do antigo senhorio, conta o Jornal de Notícias esta terça-feira.

“É triste, é desumano. A pessoa apanha constipações, a pessoa tem frio, a pessoa não tem condições para aquecer uma sopa, um chá. Não são condições para viver. Ninguém merece viver assim”, afirmou Amélia, que recebe uma pensão que não chega aos 500 euros, em declarações à SIC Notícias”.

Mãe e filho procuram receber ajuda das autarquias de Gaia e Matosinhos, mas não encontraram solução: “A única resposta que nos dão é que não há casas”, revelou Daniel.

Segundo a SIC, Associação para o Desenvolvimento Integrado de Matosinhos (ADEIMA) propôs que a família se alojasse num centro de acolhimento de emergência social, mas, questionado sobre esta opção, Daniel afirmou: “Não nos puderam fazer nada. Nós não recusámos, simplesmente questionámos, porque sabemos que esses sítios têm lá de tudo: desde pessoas com problemas com álcool, toxicodependentes, pessoas com problemas de saúde graves, com doenças. E viver nesses sítios não é futuro”.

Citada por aquele canal, a ADEIMA refere porém que Amélia e Daniel não compareceram a um atendimento na Segurança Social, ‘preferindo’ continuar a viver na tenda.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito