Saúde

Enfermeiros dos hospitais privados em greve

Paralisação convocada pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

Os enfermeiros dos hospitais privados vão fazer greve a 28 de Julho. A greve começa às 8h e termina às 24h e serão assegurados os serviços mínimos para satisfazer “necessidades sociais impreteríveis”.

No centro das reivindicações estão aumentos salariais para todos e ainda a compensação pelo horário de trabalho desfasado, com os profissionais a exigirem que esta seja aplicável aos enfermeiros que trabalhem por turnos e à noite.

No pré-aviso publicado esta quarta-feira, o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) refere ainda o aumento da compensação do valor das designadas “horas penosas”.

A paralisação abrange enfermeiros das instituições privadas de saúde onde é aplicável o contrato colectivo de trabalho estabelecido entre o SEP e a Associação Portuguesa de Hospitalização Privada, que inclui, entre outros, o Grupo Luz Saúde, Grupo Lusíadas Saúde, Grupo CUF e Grupo Trofa Saúde.

Os enfermeiros dos hospitais privados estiveram pela primeira vez em greve em Março último, numa paralisação também convocada pelo SEP.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito