Saúde

Dois médicos de Coimbra recebem mais de 10 mil euros mensais só para estarem de prevenção

O Serviço de Medicina Transfusional do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra paga mais de 10 mil euros por mês a dois médicos só para ficarem de prevenção, avança esta sexta-feira a revista Sábado.

Estas escalas de prevenção apontam os momentos em que o médico está ausente do hospital mas tem de estar contactável e disponível para ser chamado, tendo de comparecer ao serviço num tempo inferior a 45 minutos.

Segundo a publicação, Rámon Salvado e Jorge Tomaz são os especialistas em causa que foram escalados quase em exclusivo ao longo de 2022, recebendo em média mais de 10 mil euros mensais só em urgências de prevenção, aos quais acresce o ordenado e as horas extraordinárias.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito