Almada

Almada | Abusa de jovem alcoolizada nas escadas de prédio e fica com proibição de contactos

Um homem foi detido, fora de flagrante delito, e presente a primeiro interrogatório judicial pelo Ministério Público de Almada, pela prática de um crime de abuso sexual de pessoal incapaz de resistência.

Segundo a acusação, «os factos remontam à madrugada de 18 de dezembro de 2022 e ocorreram no interior de um prédio, na Caparica».

A vítima, uma jovem de 19 anos, «ao entrar no edifício e enquanto subia as escadas até ao terceiro andar, a ofendida, que regressava a casa notoriamente alcoolizada e sonolenta, cruzou-se com o arguido.

Encontra-se fortemente indiciado que este, aproveitando-se do estado da vítima, a seguiu e com ela manteve relações sexuais, e utilizou a força física para a sujeitar a práticas sexuais.»

O homem ficou sujeito a termo de identidade e residência e ainda às medidas de coação de obrigação de apresentações bissemanais, proibição de contactos com a vítima e testemunhas, proibição de frequentar a zona de residência da vítima e proibição de se ausentar para fora do pais, entregando o passaporte.

A investigação prossegue sob direção do DIAP da Procuradoria da República da Comarca de Lisboa – 2ª Secção de Almada, com a coadjuvação da Polícia Judiciária.

O inquérito encontra-se sujeito a segredo de justiça.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito