Distrito de Braga
Em Destaque

Chega avança com queixa na Polícia Judiciária sobre tiros que afinal eram escape de mota

O testemunho da PSP no local avança que os tiros elementos do Chega dizem ser, afinal eram escape de mota. A versão da PSP não agradou ao partido de André Ventura e o presidente vai avançar com queixa na Polícia Judiciária.

Um vídeo que o Chega partilhou nas suas redes sociais onde se consegue ouvir um som semelhante a disparo de uma arma de fogo, repetindo-se quatro vezes, som esse, que levou ao Chega a denunciar a situação a afirmar que se tratam de disparos de arma de fogo quando a sua caravana ia a passar na zona de Vila Nova de Famalicão.

A PSP já esclareceu que os sons são de “rateres produzidos por um motociclo” que acompanhava a comitiva.

O comando distrital da PSP de Braga avança “é audível um som semelhante ao disparo de uma arma de fogo, que se repete quatro vezes”, mas segundo a mesma força de segurança, o som foi audível por uma patrulha que saiu do recinto, adiantando que “saiu do recinto e constatou a origem dos sons, descartando que foram disparos”. 

Mesmo assim, André Ventura não se convence do esclarecimento e já fez saber que irá avançar com queixa na Polícia Judiciária, dizendo que “não ficou clara a presença de uma motorizada”, salientado, no entanto o respeito pela “opinião dos dois agentes da PSP no local”, mas queixa-se de mais momentos de tensão em toda a campanha eleitoral.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito