AtualidadeSines

‘A Justiça falou e decidiu, nesta fase, afirmar a minha inocência’ declara Nuno Mascarenhas

Nuno Mascarenhas, presidente da Câmara Municipal de Sines, deixou esta terça-feira um comunicado no site oficial da autarquia, referindo-se à Operação Influencer, durante a qual o autarca foi detido, e acabou por ser libertado pelo Ministério Público, sem qualquer acusação.

«Antes de mais: quero começar por esclarecer que este comunicado vem na sequência do dever que sinto para com a população que me elegeu, enquanto presidente da Câmara Municipal de Sines» inicia a nota.

Com palavras de agradecimento «à população, aos funcionários da Câmara Municipal de Sines, aos meus colegas de Executivo e especialmente à minha família e a todos aqueles que ao longo dos últimos dias viveram com intensidade estes acontecimentos e demonstraram a sua solidariedade», Nuno Mascarenhas frisa que «estes foram dias muito difíceis, marcantes, com impacto na minha vida pessoal e familiar, nos quais o meu papel foi – e só podia ser – o de colaborar com a justiça».

O autarca explica depois que prestou «todos os esclarecimentos que me foram solicitados, postura que manterei ao longo de todo o processo» e declara «estando inocente – como estou! – foi com a serenidade possível que lidei com toda esta situação, convicto de que sempre pautei a minha conduta de presidente da Câmara Municipal de Sines na prossecução do interesse público inerente ao exercício das funções para as quais fui eleito.

A verdade, em bom rigor, é que a justiça falou e decidiu, nesta fase, afirmar a minha inocência.»

Cumprindo a obrigatoriedade de reserva, uma vez que o processo está a decorrer, Nuno Mascarenhas garante que «a Justiça fez o seu papel e concluiu que não existe qualquer ilícito na minha conduta, no exercício das minhas funções de presidente da Câmara Municipal de Sines, às quais tenho, aliás, dedicado os últimos 10 anos da minha vida».

Em relação ao trabalho na autarquia, dá também a garantia de que «iremos continuar a desenvolver o nosso trabalho com o mesmo sentido de compromisso público, para que o concelho de Sines se mantenha um concelho atrativo para as pessoas, para as empresas e para todos aqueles que queiram investir, públicos e/ou privados, esperando desta forma continuar a lutar para o crescimento e desenvolvimento de Sines, do seu território e desta região».

Nuno Mascarenhas opta também por não se defender «publicamente de alguns comentários menos apropriados e desconhecedores da realidade, embora seja tentador, não o farei neste momento e nesta sede.

Irei aguardar com a serenidade e tranquilidade pelo desfecho do processo, confiante de que a justiça irá prevalecer.»


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito