CrimeJustiça

Suspeito de homicídio detido em França após 11 anos

Um homem, suspeito de um homicídio na região de Sintra há quase 11 anos, foi detido em França e extraditado para Portugal, ficou em prisão preventiva após ser ouvido por um juiz, anunciou a Polícia Judiciária (PJ) este sábado.

O crime foi cometido em maio de 2012, onde o suspeito após uma festa num estabelecimento comercial em Sintra, envolveu-se numa discussão com a vítima e posteriormente apunhalou a mesma com uma faca na região tórax, causando-lhe assim a morte, informa a PJ.

Quando as autoridades chegaram ao local, o agressor já estaria em fuga e o mesmo conseguiu se desfazer da arma do crime.

Foi apurado mais tarde que o suspeito abandonou o território nacional, sendo o destino França, e o seu paradeiro ficou desconhecido durante vários anos.

Em janeiro deste ano a PJ em colaboração com a Polícia Judiciária Francesa localizaram o suspeito efetivando-se “a sua detenção, através do cumprimento de Mandado de Detenção Europeu”.

Segundo a PJ, o suspeito foi extraditado no dia 16 de fevereiro, com a colaboração da Unidade de Cooperação Internacional, e foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito