Distrito de Lisboa

Sintra | Recluso do Linhó foge depois de pastorear cabras e mãe entrega-o à polícia

Adiel Cabingano, 26 anos, recluso do Estabelecimento Prisional do Linhó, em Sintra, no distrito de Lisboa, que se encontrava em regime aberto no pastoreio de cabras, ausentou-se ilegitimamente no sábado e esteve em fuga até esta terça-feira de manhã, altura em que a mãe o entregou à polícia.

Via comunicado, a Direcção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) explicou que o recluso se encontrava em regime aberto e, por isso, com “vigilância descontinuada”. Adiel ausentou-se “ilegitimamente dos terrenos do estabelecimento prisional”, referiram os serviços prisionais, acrescentando que foram alertadas as forças policiais para a “sua rápida recaptura”.

“O recluso evadido (…) está em fase final de cumprimento de uma pena de 10 anos por crimes de furto e roubo”, destacou a DGRSP, frisando que “foi aberto processo de averiguações interno para apurar as circunstâncias desta ocorrência”.

Segundo avança o Correio da Manhã, foi a própria mãe quem levou Adiel Cabingano até às urgências do hospital a fim de ser avaliado no serviço de psiquiatria e, nessa altura, informou os elementos do posto da PSP que o filho estava em fuga da prisão.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito