DestaqueDistrito de SetúbalJustiça

Setúbal | Pena de prisão de 22 anos e meio para homem que matou patrão à martelada

O Tribunal de Setúbal condenou João Joaquim, trabalhador da construção civil, a 22 anos e seis meses de prisão pelo homicídio qualificado do patrão, Francisco Faísca, 72 anos.

Os factos remontam a Fevereiro do ano passado, quando o suspeito se encontrava a realizar obras de pintura, juntamente com a vítima, o seu patrão, no interior de uma residência na Rua Mariano Coelho, em Setúbal, actividade esta que já decorria há alguns dias.

No decurso dos trabalhos, o agressor, à semelhança do que já tinha acontecido em outras ocasiões, solicitou ao patrão um pagamento adicional, alegadamente para o consumo de drogas, pedido este que não foi concretizado.

O agressor aproveitou então um momento de distração da vítima para desferir um golpe com um martelo no crânio da mesma, o que lhe provocou de imediato um ferimento grave com perda abundante de sangue e a queda.

O ruído alertou a proprietária do imóvel, que se encontrava numa outra divisão da residência. O agressor terá informado a mulher de que estava tudo bem e que não seria necessário chamar socorro.

Num primeiro momento, a testemunha abandonou o local, aproveitando o detido para desferir outra martelada no crânio da vítima, que lhe terá causado a morte.

A testemunha tentou impedir a situação, sem sucesso, e foi procurar por socorro, momento em que o agressor aproveitou para se apropriar de todo o dinheiro que a vítima tinha consigo, fugindo de seguida, mas acabando por ser detido pela Polícia Judiciária.

Além da pena de prisão efectiva, o Tribunal de Setúbal condenou ainda o arguido ao pagamento de 160 mil euros à família da vítima a título de indemnização pelos danos sofridos. Francisco Faísca, empresário de remodelações, deixou mulher, dois filhos e um neto. Era proprietário da empresa FF Construções há 40 anos e a carrinha da firma ainda se encontra junto ao prédio onde foi assassinado.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito