Sesimbra

Sesimbra exige à APA o desassoreamento da Lagoa de Albufeira

A Câmara Municipal de Sesimbra exige que seja realizado o desassoreamento da Lagoa de Albufeira, através da moção ‘Pela Urgente Intervenção na Lagoa de Albufeira’, aprovada por unanimidade em reunião do executivo no dia 8 de Junho.

Conforme um comunicado enviado ao Diário do Distrito, a autarquia relembra que «nos últimos anos tem-se verificado o progressivo e acentuado assoreamento da designada ‘boca’ da Lagoa de Albufeira, situação que tem merecido diversos alertas da Câmara Municipal de Sesimbra junto das entidades com jurisdição sobre esta matéria».

A elevada quantidade de areia acumulada impede a existência da coluna de água suficiente para acompanhar a dinâmica das marés, o que por sua vez dificulta a abertura da Lagoa ao Mar, explica.

«Esta operação, que acontece todos os anos, é essencial para a preservação da riquíssima biodiversidade deste sistema lagunar.»

Na moção, o executivo expõe as suas preocupações relativas a este caso e exige que a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) conclua, até abril de 2023, o Projeto de Execução da Abertura e Desassoreamento da Lagoa de Albufeira, «em desenvolvimento há vários anos, mas que continua sem perspetivas de implementação».

No documento, a autarquia sugere ainda uma dragagem de manutenção de um canal em toda a sua extensão, até que o desassoreamento seja concluído.

Esta intervenção, de vital importância para a preservação da flora e fauna da Lagoa, está prevista no Estudo Prévio de Soluções Alternativas de Dragagem da Lagoa de Albufeira e de gestão de dragados, e no Estudo de Impacte Ambiental deste projeto.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito