Opinião

Quanto tempo o tempo tem

“Talvez seja demasiado cedo”

“Tanto tempo para tomar uma decisão!”

“Já?!”

“Ainda?!”

Desde que nascemos que a nossa vida é regulada pelo tempo. E são diversas as suas unidades de medida. Anos, meses, horas minutos, segundos…

Mas será que o tempo interno, o nosso tempo emocional, tem sempre correspondência no tempo real?

Quanto tempo demora uma grande paixão? E um grande amor?

Quanto tempo para me zangar?

Quanto tempo dura a paciência e a resiliência perante uma birra? Ou uma situação que nos gera frustração?

Qual o tempo de um luto?

Quanto tempo para se dizer: “Sim, caso contigo!”

O meu tempo interno não é o seu. Depende dos meus recursos, personalidade, do meu padrão de comportamento e atitudes. É também influenciado pelas minhas relações próximas e pelo meu passado.

O processo de tomada de decisões será fortemente influenciado pelo meu tempo interno e pelas minhas crenças e preconceitos. O autoconhecimento revela-se assim, uma ferramenta fundamental para a realização de escolhas conscientes e informadas.

E você? Quanto tempo, o seu tempo tem, para ser feliz?

Não espere mais! A vida é hoje e acontece aqui e agora!


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito