Distrito de Portalegre

Portalegre | ASAE instaura processo-crime por abate clandestino de cabritos

Caso houvesse consumo humano de carne proveniente destes animais, esse facto constituiria um perigo para a saúde pública.

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) realizou uma operação de fiscalização num entreposto frigorífico com venda a retalho ao público consumidor, no distrito de Portalegre, que resultou na instauração de um processo-crime pela prática do crime contra a saúde pública de abate clandestino.

Foram ainda apreendidos 48 cabritos, com o peso total de 271 quilos, avaliados em 4.150 euros, sendo que “após exame pericial efectuado por médico veterinário oficial, apurou-se que, caso houvesse consumo humano de carne proveniente destes animais, esse facto constituiria um perigo para a saúde pública”.

A ASAE explicou em comunicado que a operação ocorreu “na sequência de uma troca rápida de informações comunitárias e de uma investigação no âmbito do combate a ilícitos criminais contra a saúde pública, designadamente abate clandestino”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito