Atualidade

Nobre só paga salário mínimo e não permite progressão nas carreiras. Trabalhadores em greve

Os trabalhadores da Nobre Alimentação marcaram nova greve para o próximo dia 28 na unidade de Rio Maior, em Santarém, para contestar a ausência de resposta da empresa à reivindicação de aumentos salariais.

Diogo Lopes, do Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura, Alimentação, Bebidas e Tabaco (SINTAB), refere à agência Lusa que a greve foi decidida perante a insistência da administração em manter o salário mínimo nacional, independentemente dos anos de serviço e das funções desempenhadas.

Para o sindicalista, esta postura é incompreensível numa empresa “que pertence a um grupo internacional e [que] tem tido bastantes lucros”.

Além dos salários, estão também em causa as categorias profissionais, já que, segundo Diogo Lopes, independentemente das funções desempenhadas, são todos classificados como salsicheiros e não existe progressão na carreira.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito