Insólito
Em Destaque

Mulher e tempestade obrigam voo da TAP a desviar rota por duas vezes

Podia ser um insólito, mas foi a realidade e aconteceu com um voo da TAP que devido a trabalho de parto teve que desviar a rota e aterrar nas Ilhas Canárias.

Um voo da TAP com destino a Fortaleza, no Brasil, teve que ser desviado para o aeroporto de Las Palmas, nas Ilhas Canárias, depois de uma passageira entrar em trabalho de parto 4 horas após a partida do avião de Lisboa.

O incidente ocorreu no passado dia 25 de fevereiro, quando uma mulher grávida de 34 semanas, entrou em trabalho de parto em pleno voo. A passageira apresentou atestado médico para viajar, pois estava a duas semanas de dar à luz, mas o pequeno rebento não quis esperar e foi em pleno voo que a mãe entrou em trabalho de parto, obrigando o voo a ser desviado para as Ilhas Canárias.

A grávida já em terra foi auxiliada pelos meios que a esperava na pista e o avião da TAP ficou parado em terra durante uma hora. Só depois foi retomada a viagem em direção a Fortaleza. Mas o voo parece ter sofrido outros percalços no caminho, uma tempestade obrigou o avião a tomar outra rota em direção a Natal, onde aterrou e os passageiros ficaram retidos 3 horas dentro do aparelho.

Para além de afetar a viagem dos passageiros de regresso a Fortaleza, os percalços também afetaram os passageiros para a partida de Fortaleza/Lisboa. É caso de dizer que foi uma aventura este voo da TAP.

Leia Mais: Detidas duas mulheres no aeroporto de Lisboa


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito