Atualidade
Em Destaque

Marinheiros do navio NRP Mondego acusados de “desobediência a uma ordem”. Arriscam pena de prisão

As sanções previstas não foram reveladas, mas podem incluir pena de prisão.

Os militares que se recusaram em 11 de Março a embarcar no navio Mondego foram esta quinta-feira acusados pela Marinha de “desobediência a uma ordem”, anunciaram os advogados de defesa, indicando que as sanções previstas não foram reveladas, mas podem incluir pena de prisão.

Em declarações aos jornalistas em frente ao edifício da Direcção Jurídica da Marinha, em Lisboa, Paulo Graça, um dos advogados dos militares que se recusaram a embarcar no NRP Mondego, considerou que as acusações “correspondem genericamente à tese que a Marinha tem estado a propalar nos últimos tempos”.

“Genericamente, aquilo que se imputa a estes senhores é a desobediência a uma ordem, é isso que está em causa. Não é uma situação de insubordinação, pelo menos não me apercebi que assim fosse, que lá estivesse escrito”, salientou, acrescentando que essa acusação é comum aos 13 militares.

Questionado se, perante essa acusação, os 13 militares podem incorrer em pena de prisão, Paulo Graça respondeu: “tanto [pode estar em cima da mesa] a prisão, como pode estar uma mera admoestação”.

Recorde-se que a 11 de Março, o NRP (Navio da República Portuguesa) Mondego falhou uma missão de acompanhamento de um navio russo a norte da ilha de Porto Santo, no arquipélago da Madeira, após 13 militares (quatro sargentos e nove praças) se terem recusado a embarcar alegando razões de segurança. A Marinha participou o sucedido à Polícia Judiciária Militar (PJM), em Lisboa, no âmbito de inquérito criminal, tendo também instaurado processos disciplinares.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito