Opinião

MAMADOU BA PERDEU O “PIO”

As opiniões expressas neste artigo são pessoais e vinculam apenas e somente o seu autor.

O pseudo-activista antirracista, mas que quer “matar o homem branco”, um dos maiores subsídio-dependentes a viver, neste momento, em Portugal, que sempre considerou estar acima da lei e que nunca respeitou o país que, infelizmente, o acolheu, foi condenado ontem, dia 20 de Outubro, a 240 dias de prisão, convertidos numa multa de 2400 euros, por difamar Mário Machado, conhecido militante de extrema-direita.

Eu próprio, a 7 de Julho de 2021, já tinha denunciado Mamadou Ba e apresentado no DIAP uma queixa-crime contra este pseudo-activista por um crime de “Discriminação e incitamento ao ódio e à violência”, previsto e punido  pelo artigo 240.º do Código Penal, mas nesse caso, em minha opinião, a justiça não funcionou e deixou o sujeito que quer “matar o homem branco” sem punição.

Não conheço pessoalmente o Mário Machado, nem perfilho das posições mais extremistas que defende, mas ele é alguém que já pagou pelos seus crimes e que não tem de estar sujeito às ofensas gratuitas de Mamadou Ba ou de qualquer outra pessoa.

Mamadou Ba sempre defendeu que os criminosos não devem ser estigmatizados e sim reabilitados, mas isso é só quando eles não são brancos, pois, como se viu, no caso do Mário Machado fez exactamente o oposto.

Se realmente houvesse justiça no nosso país, Mamadou Ba já estaria na prisão há muito tempo, mas nós somos o país que deixa em liberdade conhecidos ex-governantes e ex-banqueiros portugueses ou cidadãos estrangeiros como Alex Male, um dos homens mais procurados do Reino Unido, ou Iqbal Singh, acusado no seu país por terrorismo, associação criminosa e tráfico de heroína, ou Abdeslam Lassoued, que matou a tiro dois cidadãos suecos e ferido gravemente um terceiro, na passada segunda-feira, em Bruxelas, que tinha sido detido pelo SEF em 2015, na Guarda, e libertado pelo Tribunal.

Mas, pode ser que esta sentença faça com que Mamadou Ba perca, finalmente, o “pio” e deixe de ser insultuoso com o povo português que lhe garante milhares de euros por mês em salários, só porque é apadrinhado pelos partidos do costume… Porque da próxima vez, possivelmente, terá de cumprir pena efectiva de prisão.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito

3 Comentários

  1. Devia ser expulso do País pelos insultos aos Portugueses em especial às forças de segurança

  2. Esse mamadou.
    Devia de ser convidado a deixar o nosso país PORTUGAL.
    E ir para a terra dele.