Distrito de Lisboa

Lisboa aposta na cultura com uma rede de espaços culturais

O Programa “Um Teatro em Cada Bairro” pretende levar a cultura a cada bairro lisboeta, este é um programa que a equipa de Carlos Moedas está a apostar em força na capital.

A proposta foi avançada pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e pelo vereador da Cultura, Diogo Moura, que pretendem descentralizar as propostas culturais para outros bairros da capital.

O programa intitula-se “Um Teatro em Cada Bairro” foi aprovado por unanimidade e vai ser incluído nas Grandes Opções do Plano do executivo municipal para os mandatos de 2021-2025, sendo este um compromisso com a cidade de Lisboa de conseguir levar a cultura a todos os cantos da cidade.

O programa vai incluir, para além da comunidade, os agentes locais para poderem promover a cultura de proximidade.

Este será ainda um programa que será constituído por um roteiro para a criação ou inclusão de novos espaços nesta rede, dando mais força aos agentes culturais de promoverem o seu trabalho em prol da população local 

«O programa “Um Teatro em Cada Bairro” reflete a visão que tenho para Lisboa: a de uma cidade com a Cultura no centro. Uma cidade em que a Cultura é descentralizada, próxima de todas as comunidades e acessível a cada uma delas. Em que a Cultura é aberta ao usufruto de todos e está viva e renovada», afirma o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas.

 Como refere o vereador da Cultura, Diogo Moura, «o “Um Teatro em cada Bairro” é um exemplo inspirador de como a cultura pode unir comunidades, criando espaços e oportunidades para que as pessoas participem ativamente na criação e fruição artística, fortalecendo laços sociais e promovendo a inclusão e a participação da comunidade». 

“Também se pretende com isto democratizar o acesso à cultura através da produção cultural local, dando voz a talentos locais emergentes e promovendo narrativas inovadoras. Em Lisboa trabalhamos para que a Cultura seja efetivamente para todos”, acrescenta Diogo Moura.

O primeiro espaço a abrir portas foi o Espaço Avenidas, seguindo-se a Quinta Alegre, o Cine-Teatro Turim e a Casa do Jardim da Estrela, foram estes os primeiros espaços a fazerem parte desta rede cultural da cidade de Lisboa, em marcha estão a Boutique da Cultura e os Coruchéus.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito