Atualidade

Liga despromove Vitória de Setúbal e Aves ao Campeonato de Portugal

A Comissão de Auditoria da Liga de Portugal não aprovou os processos de licenciamento de Aves e Vitória Futebol Clube nas competições profissionais da época 2020-21, e ordenou a descida de divisão dos sadinos e avenses, para os campeonatos não profissionais, neste caso, o Campeonato de Portugal.

Em causa está a falta de cumprimento de requisitos necessários para a inscrição das respetivas equipas nos campeonatos profissionais, mas os clubes podem agora recorrer desta decisão para o Conselho de Justiça da FPF, no prazo de três dias, o que terá efeitos suspensivos.

No comunicado da Liga Portuguesa de Futebol Profissional a que o Diário do Distrito teve acesso, é explicado que foi decido não admitir a candidatura da Sociedade Desportiva Vitória FC, SAD a participar nas competições profissionais da época 2020-21 «por incumprimento de critérios financeiros» que os clubes estão obrigados a cumprir.

No caso do Vitória, tratam-se de «dívidas a sociedades desportivas», «dívidas a jogadores, treinadores e funcionários» e ainda a «irregularidade da situação contributiva perante a AT».

Já no caso do Aves, os pontos em incumprimento são um total de 16, nas áreas legais e financeiras.

No caso de desclassificação do Vitória FC o beneficiado será o Portimonense, tirando ao clube sadino a permanência no principal escalão do futebol português obtida na última jornada do Campeonato.

Em relação ao Aves, despromovido de divisão por ter sido o último classificado da Liga, mas impedido de se licenciar nas competições profissionais, abre uma segunda vaga na segunda Liga, e ficam convidados a apresentar candidaturas à LigaPro o CD Cova da Piedode – Futebol SAD e Casa Pia AC – Futebol SDUQ, Lda.

A análise dos processos de candidatura obrigou a uma reunião intensa no dia 28 de Julho, que se prolongou pela noite e que ditou ainda que o Cova da Piedade e Casa Pia continuam na LigaPro, apesar de terem sido despromovidos pela via competitiva.

A participação nas competições profissionais de futebol depende do preenchimento de um conjunto apertado de critérios, alguns de base legal, a maioria de base regulamentar, cujo cumprimento tem de ser demonstrado documentalmente, num denso e criterioso processo conduzido pela Comissão de Auditoria da Liga Portugal.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito