PaísPolítica

João Galamba entrega a demissão

Após quatro meses de assumir o cargo de Ministro das Infraestruturas, João Galamba apresenta a demissão do Governo, depois de nos últimos dias ter estalado a polémica com a exoneração do ex-adjunto, Frederico Pinheiro. 

É o segundo ministro de um Governo PS a cair por causa de assuntos que envolvem a TAP.

Numa nota de imprensa, foi então comunicada a demissão ao Primeiro Ministro António Costa.

“No atual quadro de perceção criado na opinião pública, apresento o meu pedido de demissão em prol da necessária tranquilidade institucional, valores pelos quais sempre pautei o meu comportamento e ação pública enquanto membro do Governo” começa por referir João Galamba.

O ministro demissionário sublinha ainda que “é fulcral reafirmar que esta Área Governativa, que me orgulho de ter liderado, nunca procurou ocultar qualquer facto ou documento”.

“Demito-me apesar de em momento algum ter agido em desconformidade com a lei ou contra o interesse público que sempre promovi e defendi na minha atuação enquanto governante, tal como foi, detalhada e publicamente, reconhecido pelo Senhor Primeiro-Ministro” afirma.

Mesmo com a sua demissão, o ministro mantém a sua versão de que nunca tentou ocultar nada da comissão parlamentar de inquérito à TAP.

“Considero que a preservação da dignidade e a imagem das instituições é um bem essencial que importa salvaguardar, tal como a minha dignidade, a da minha família e a das pessoas que comigo trabalharam no Gabinete e que foram nestes últimos dias gravemente afetadas”, salienta Galamba.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito