Distrito de LisboaSociedade

IRA resgata vários animais desprotegidos durante as cheias em Lisboa

No decorrer das fortes chuvas que inundaram partes da cidade de Lisboa, a organização Intervenção e Resgate Animal (IRA), procedeu ao resgate de vários animais da zona de Flamenga, em Loures, que ficaram desprotegidos, nomeadamente acorrentados durante as cheias na capital na noite de quarta-feira, dia 7 de dezembro.

A organização sublinhou a dificuldade da operação e que necessita de uma maior quantidade de meios e equipamentos necessários para proceder às tarefas solicitadas de forma mais eficaz. Mesmo com todas as dificuldades, os resgates foram realizados.

“Esta madrugada foi possível verificar que os nossos equipamentos e uniformes não eram suficientes para a situação com que nos deparámos, não impedindo que a prestação de socorro e a ativação de meios fosse realizada mas com recurso a maior esforço por parte dos elementos”, informou o IRA na sua página de Facebook.

O IRA reconheceu a importância de melhorar as abordagens relativas ao resgate de animais sob condições meteorológicas adversas.

“Mas como aprendemos depressa com as adversidades e novos desafios, assim como a possível repetição da situação desta noite (previsto pelo IPMA), estamos neste momento a melhorar e a adquirir mais meios para resgates em cenários aquáticos, inclusive os previstos para hoje à noite”, acrescentou.

A entidade conseguiu entrar dentro de uma habitação e socorrer vários animais que estavam acorrentados e desprotegidos da violência das águas da chuva.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito