Atualidade

Influencer brasileira vinha a Portugal buscar roupa para refugiados e depois vendia na internet (veja o vídeo)

A influencer brasileira Elisa Vieira está no olho do furacão depois de ter sido divulgado, pelo jornalista Flávio Costa, um vídeo no Twitter em que esta ensina os seguidores a venderem peças de roupa destinadas para doação. Tudo aconteceu em Portugal.

“Isso existe porque lá em Portugal as coisas são muito baratas. Então, eles têm esses lugares, que são lugares de doação, onde qualquer pessoa pode entrar e pegar. Então, os próprios portugueses doam, só que é um lugar escondido, que nem todo mundo conhece, só os moradores locais”, relata a influencer, dizendo depois que vende as peças na sua loja virtual para “fazer uma graninha”.

As críticas não se fizeram esperar, algumas das quais violentas, levando mesmo Elisa Vieira a publicar alguns stories no seu perfil no Instagram a defender-se.

“Lá em Portugal existem vários sítios em que as pessoas colocam roupas para doação, porque vão ser jogadas no lixo, porque lá o que mais tem são roupas. […] Quem colocou a peça ali para ficar disponível para quem quiser pegar não deve cobrar o que foi feito com a peça depois. Não é crime nenhum você fazer o que quiser com as peças”, disse entretanto.

Veja o vídeo da polémica:


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito