EconomiaSociedade

Hora de ir às compras? Fique com 5 conselhos fundamentais para poupar no supermercado

Devido à escalada contínua de preços nos bens alimentares, a DECO Proteste criou uma lista que o pode ajudar na hora de ir às compras. Desde da comparação de preços a criar uma lista sólida do que precisa, são vários os conselhos para evitar ter dissabores na hora de chegar à caixa.

Aqui ficam as dicas:

Fazer Lista de Compras: Para evitar trazer mais do que aquilo de que realmente necessita e “resistir às compras por impulso”, faz sentido pensar nas refeições que quer preparar durante a semana e fazer uma lista de compras antes de ir para o supermercado.

Comparar Preços: Olhar para o custo de cada produto por quilo, litro ou unidade é outra das sugestões da DECO/Proteste, que lembra que as marcas brancas permitem poupanças, “em alguns casos até 30%, sem comprometer a qualidade”.

Optar por formatos familiares: Poderá compensar trazer formatos familiares dos produtos que mais consome, “como o café, cereais de pequeno almoço e massas”, até por terem prazos de validade alargados. “Segundo um estudo comparativo de preços, as caixas grandes compensam quase sempre. Mas nunca deixe de comparar o preço ao quilo ou à unidade, pois há casos em que a embalagem pequena é mais barata”, detalha a associação de defesa do consumidor.

Trocar alguns produtos frescos por ultracongelados: Segundo um estudo da DECO/Proteste, os legumes ultracongelados chegam a ser “80% mais baratos do que os frescos, pois aproveita-se tudo”. Além disso, o facto de os ultracongelados se conservarem por mais tempo também reduz o desperdício. “Já no caso do peixe, comprá-lo fresco sai, geralmente, mais em conta. Se pretende ter algumas postas de reserva, compre-as na peixaria e congele-as em casa.”

Comprar leguminosas secas: As leguminosas, como o feijão e o grão, “ficam a metade do preço se as comprar secas e as preparar em casa”. Entre as vantagens está o facto de ser possível depois guardá-las no congelador, além de se poupar na embalagem.

A lista de dicas foi retirada do jornal Expresso.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito