Atualidade

Herdade onde houve o massacre de 540 animais ganha central fotovoltaica

O massacre de 540 animas numa caçada na Herdade da Torre Bela, no distrito de Lisboa, encheu as páginas dos jornais, mas o espaço ganha agora um novo destaque com a aprovação da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) para a construção de uma central fotovoltaica.

Depois da caçada, a consulta pública do estudo de impacto ambiental foi suspensa ainda em dezembro, e durante um mês, pelo Ministério do Ambiente, mas passado esse impasse, os esclarecimentos foram entregues e o processo retomou em fevereiro.

A TSF ainda agora que a APA deu um “parecer favorável condicionado”, com a algumas obrigações para minimizar o impacto, mas nenhuma referente à zona de caça.

No documento a APA diz “que toda a área de implementação das centrais fotovoltaicas está inserida na Zona de Caça Turística da Herdade da Torre Bela” e que “não estão em causa populações da fauna portuguesa”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito