AlcocheteMoitaSeixalSesimbra

Embarcações típicas do Tejo saúdam JMJ 2023 em ‘Festival Marítimo’

O Stella Maris-Moita do Ribatejo (Apostolado do Mar) organiza o Festival Marítimo da Jornada Mundial da Juventude 2023, de 2 a 6 de agosto, na Doca da Marinha e no Parque Tejo.

A iniciativa conta com a Marinha do Tejo e a participação de outras associações, instituições e municípios ribeirinhos do distrito de Setúbal, como Alcochete, Moita, Seixal e Sesimbra, com as suas embarcações tradicionais, típicas do Tejo, além da Azambuja e Vila Franca de Xira.

«É um programa que aborda as várias vivências, diferentes tradições e variadas culturas: Os avieiros com o seu folclore, as charangas que animam qualquer festa, uma recriação histórica, e uma amostra da construção naval, que vai se adaptando conforme as suas necessidades apesar de o rio que nos banha ser o mesmo, o Tejo» explicou Rui Mira à Agência ECCLESIA.

O responsável pelo Stella Maris-Moita do Ribatejo, na Diocese de Setúbal, assinala que o Festival Marítimo da Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 serviu, como ponto de partida, «para unir tradições, culturas e saberes, tanto da margem direita como da margem esquerda do rio» e pretende mostrar aos peregrinos da JMJ e demais turistas «o motivo de orgulho de Portugal ser um povo marinheiro».

Além de apreciarem a beleza nas embarcações, os peregrinos vão também ter oportunidade de passear a bordo destas embarcações.

O programa terá início a partir das 14h00 de 2 de Agosto, na Doca da Marinha, perto da Praça do Comércio/Terreiro do Paço; no dia 5 de agosto, sábado, a partir das 16h00, começa uma procissão/desfile para o Parque Tejo, que vai levar a Cruz peregrina e do ícone de Nossa Senhora ‘Salus Populi Romani’ da Jornada Mundial da Juventude para o local dos atos finais da JMJ 2023.

Ambos os símbolos serão transportados pelo Rio Tejo por um varino de água acima do Município da Azambuja e descarregados por jovens avieiros trajados.

Do programa constam passeios de barcos, mostra de artes, teatro com Associação AliusVettus, música com o Big Mouse Band, o rancho típico ‘Os Avieiros’ de Vila Franca de Xira, Anau a Rufar, o Grupo de Marchas Danças e Cantares das Mulheres Avieiras (Acapsi), os Tocadores de Búzios do Rancho Etnográfico de Danças e Cantares da Barra Cheia.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito