AtualidadeSociedade

Em 2019, poluição atmosférica matou quase 5 mil portugueses

Dados do relatório da Agência Europeia do Ambiente.

Em dados revelados pela Agência Europeia do Ambiente (AEA), segundo a Agência Lusa, estima-se que a poluição atmosférica tenha causado, em 2019, a morte prematura de 364.200 pessoas na União Europeia, 4.900 em Portugal.

O mesmo relatório adianta que as mortes prematuras devido à poluição atmosférica têm vindo a descer, mas adianta que a “poluição atmosférica continuou a levar a uma carga significativa de mortes prematuras e doenças nos 27 Estados-membros da União Europeia”.

A nível de exposição a partículas finas (partículas poluentes em suspensão), 40.400 mortes foram atribuídas à exposição crónica ao dióxido de azoto e 16.800 à exposição aguda ao ozono.

Adianta a mesma fonte que “muitas destas mortes podiam ser evitadas se os Estados cumprissem as normas de qualidade do ar da UE e os valores de referência da Organização Mundial de Saúde (OMS). Em Portugal, estima-se no relatório, seriam poupadas 1.900 mortes prematuras se fossem cumpridos os valores”.

“As doenças cardíacas e os acidentes vasculares cerebrais são as razões mais comuns de mortes prematuras atribuíveis à poluição do ar, seguidas das doenças pulmonares e do cancro do pulmão”, acrescenta.

Foram publicadas este ano novas diretrizes da OMS sobre a qualidade do ar, menos exigentes que as anteriores. É necessário cumprir a meta para 2030, adianta a AEA, alertando para os “desafios acrescidos relacionados com as tendências de envelhecimento e urbanização da população europeia. Porque pessoas mais idosas são mais sensíveis à poluição atmosférica, e nas cidades as pessoas estão mais expostas a concentrações de partículas finas”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito