Opinião

Eles já nem disfarçam

Uma opinião da inteira responsabilidade de Renato Serra, estudante

O 25 de Abril tem dado que falar desde 1974, já se passaram quase 50 anos desde essa data, 50
anos esses que acabam por não ser o que nos fora prometido no passado, caso contrário o
debate incansável sobre o dito dia da liberdade já estaria finalizado ou pelo menos ultrapassado.

O 25 de Abril é sem dúvida uma data importante na história de Portugal, por isso deveria ser
uma data para Portugal e para os Portugueses, mas esta é uma arma política e por vezes algo
que nos separa. Pessoalmente, acho que o 25 de Abril e o 25 de Novembro deveriam ser as duas
recordadas como datas da mesma importância, mas isso não acontece, o 25 de Abril é, além de
supervalorizado, uma arma da Esquerda para manterem a sua superioridade moral.

Ignorando muitas questões históricas e teóricas que dão longínquos debates, o 25 de Abril era
contado como uma revolução militar para por fim ao Estado Novo, a verdade é que cada vez
mais o 25 de Abril é uma data “comunista” e a Esquerda faz questão de querer demonstrar isso,
retirando assim o “dia da liberdade” de um marco histórico para Portugal e politizando-o
ignorando uma parte importante da sociedade.

A prova disso é o escândalo onde o controverso Presidente Brasileiro, Luis Inácio Lula da Silva,
iria discursar nessa data, nada melhor que um Revolucionário Comunista a discursar no dia de
uma revolução comunista. A Esquerda tenta à descarada separar o país e criar bolhas, mas desta
vez ainda não foi possível fazer algo deste calibre, ficará para uma próxima, quem sabe se
Maduro não virá discursar nos próximos “dias da liberdade”.

Enquanto cidadãos temos a obrigação de lutar para que este dia fique na história e não seja mais
uma arma política, já todos temos a dita liberdade de Abril agora temos é de a aproveitar,
crescer enquanto país e olhar para o que realmente importa, que é Portugal e os Portugueses.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito