AlmadaAtualidadeDistrito de SetúbalSines

Caravelas-portuguesas avistadas nas praias de Almada e Sines

São vários os relatos de caravelas portuguesas nas praias nacionais, o que levou mesmo a Capitania do Porto de Sines a lançar um alerta para situações reportadas em praias dos concelhos de Sines e de Odemira, no litoral alentejano.

Também em Almada, na Praia da Fonte da Telha, foram encontrados vários espécimens nos areais, de que deram conta relatos nas redes sociais.

A caravela-portuguesa, com a designação científica ‘Physalia physalis’ apresenta um flutuador azul-arroxeado, transparente, em forma de balão, os seus tentáculos têm em média 10 metros de comprimento e são bastante urticantes.

O contacto humano com este organismo, mesmo quando parece estar morto, provoca dores fortes, queimaduras por vezes graves, irritação, vermelhidão, inchaço e comichão.

Algumas pessoas, especialmente sensíveis, podem ter reações alérgicas mais graves, advertiu também a Capitania.

Por esse motivo, deve evitar-se tocar nestes organismos, mesmo quando aparentam estar mortos/secos.

Em caso de contacto com esta espécie, deve-se limpar a zona afetada com água do mar e devem ser retirados quaisquer pedaços de tentáculos que possam ter ficado presos na pele, devendo ser aplicado vinagre ou compressas e procurar assistência médica.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito