País

Cada vez mais queixas contra motoristas estrangeiros de TVDE em Portugal

Clientes relatam situações de insegurança durante as viagens e queixam-se da barreira linguística.

São cada vez mais os passageiros e empresários de TVDE que se queixam de motoristas que chegam a Portugal, vindos de países como Índia, Bangladesh ou Paquistão, e que, em poucos dias, e sem quaisquer conhecimentos de português ou de inglês básico, trabalham nas estradas nacionais.

Questões como insegurança, barreira linguística, entre outras, são relatadas esta terça-feira na edição do Correio da Manhã, na qual são especificados casos de condutores que deixaram os clientes em sítios errados ou que simplesmente se recusaram a levá-los aos destinos correctos, alegando problemas no GPS.

Sem falarem português ou inglês básico, há quem também questione a forma como conseguem concluir a formação para obter o certificado de motorista de TVDE, que é ministrada em língua portuguesa.

No entanto, uma das pessoas entrevistadas por aquele jornal, Wilson Teixeira, diz que “as provas são testes de escolha múltipla, e consegue-se copiar”, indo mais longe: “É quase um trabalho de grupo, copiavam uns pelos outros”.

O Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) garante a existência de fiscalização aos motoristas de TVDE, seja nas estradas, seja nas entidades formadoras, lembrando que existem actualmente em Portugal mais de 55 mil licenças de motorista de TVDE válidas para 13 operadores de plataforma, sendo que apenas três exercem neste momento, incluindo a Uber e a Bolt.

Também a PSP tem reforçado as acções de fiscalização. Em 2022, foram levantados 288 autos relativos a infracções praticadas por condutores de TVDE, sendo que este ano, só entre Janeiro e Abril, já há registo de 145.

Recorde-se que já aqui havíamos dado conta de um esquema que permite obter carta de condução por 200 euros sem fazer qualquer aula ou exame e que está também relacionado com a obtenção de licença para motorista de TVDE.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito