JustiçaPaís

Autoridades pedem a peregrinos que não viajem para Fátima

A GNR pediu aos peregrinos que abram uma exceção na tradição e não viajem para Fátima, face às restrições impostas no âmbito da pandemia do novo coronavírus, uma vez até que o cardeal D. António Marto, bispo de Leiria-Fátima, já anunciou que, pela primeira vez, as celebrações de 13 de maio, no Santuário de Fátima, serão realizadas sem a presença de peregrinos.

O diretor de operações da GNR Vítor Rodrigues reforçou, esta sexta-feira, que este ano ‘as regras são outras, e que este ano, aqueles que pretendam, como normalmente acontece, cultural e religiosamente, iniciar as suas peregrinações, com o objetivo de chegar a Fátima no dia 13 de maio, para as celebrações maiores, não o façam.

Não ponham em causa, nem em risco, porque importa não cumprir essa tradição.’

Na conferência conjunta com a Polícia de Segurança Pública, a GNR deu também a conhecer a operação ‘Transição Segura’, que irá decorrer entre o fim do estado de emergência e o início do estado de calamidade.

Até segunda-feira, estão proibidas as deslocações entre concelhos, exceto por motivos de força maior e de norte a sul do pais vão  estar a decorrer ações de fiscalização do trânsito pelas duas forças de segurança.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito