País

Ambulâncias paradas de Norte a Sul devido a greve dos técnicos de emergência pré-hospitalar

Os efeitos da greve dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (TEPH) estão a fazer-se sentir esta segunda-feira por todo o país, com ambulâncias paradas na Área Metropolitana do Porto, Lisboa, Viseu, Coimbra e Algarve, segundo o sindicato.

Em declarações à Lusa, o presidente do Sindicato dos Técnicos de Emergência Pré-Hospitalar (STEPH), Rui Lázaro, explicou que algumas ambulâncias encerraram à meia-noite e, passado o turno que deveria ter começado às 08h00, permanecem encerradas.

“E assim permanecerão o resto do dia”, acrescentou o responsável, que disse que esta situação espelha o descontentamento dos TEPH, que desta forma querem “passar uma mensagem clara ao INEM e ao Governo de que pretendem ver as suas reivindicações satisfeitas”.

O sindicalista explicou que o que desencadeou a greve às horas extra que se iniciou hoje, por tempo indeterminado, foi o “desrespeito contínuo e grave dos direitos laborais dos TEPH”, contando que têm sido retiradas horas de trabalho mensalmente “de forma ilegal”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito