Distrito de LeiriaDistrito de SantarémSaúdeSociedade

Várias ambulâncias retidas nos hospitais de Santarém e Caldas da Rainha

Os Bombeiros de Rio Maior, denunciaram hoje, sexta-feira, que várias ambulâncias estão retidas nos hospitais de Santarém e Caldas da Rainha em consequência da falta de macas nestes serviços de unidade hospitalares. A situação poderá colocar em risco a população local.

“Infelizmente está a acontecer a todos. São situações que dificultam a vida a doentes, profissionais de saúde e a nós também”, explicou à agência Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários de Rio Maior, Paulo Cardoso.

Paulo Cardoso sublinhou que no hospital das Caldas da Rainha, distrito de Leiria, estavam às 19h30 três ambulâncias integradas na corporação, sem previsão para os equipamentos serem libertados.

“Caldas da Rainha nem é o nosso hospital de referência, que é Santarém, mas como Santarém não tinha hoje serviços de ortopedia, todos os doentes com problemas ortopédicos tiveram que ir para Caldas da Rainha, o que nos dificulta mais, porque é outro distrito, embora a proximidade seja a mesma”, acrescentou.

No hospital de Santarém, encontrava-se à mesma hora, uma ambulância impedida de circular. “Ficamos com os meios parados, retidos quatro, cinco horas nas urgências dos vários hospitais”, desabafou.

O principal motivo apontado para esta “paralisação” dos meios de transporte hospitalares, deve-se à “falta de macas para deixar os doentes, que efetivamente depois causa esses transtornos”, sublinhou.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito