CrimeMundo

Três homens fingem ser polícias para furtar joias em Espanha

Os suspeitos foram identificados em Vigo, onde lhes foi comunicado que eram suspeitos do crime de tentativa de burla

A “Guardia Civil de Pontevedra” investiga três homens de 38, 45 e 80 anos por fingirem ser agentes da autoridade espanhola como o objetivo de furtar joias em Valença. Usavam placas de identificação da polícia espanhola, avança o jornal La Voz de Galicia.

Dois dos suspeitos disseram à dona de uma loja de venda de joias que alguns artefactos que ela tinha estavam a ser procurados em Espanha, sendo que os produtos referidos tinham sido vendidos anteriormente à mulher pelo terceiro homem.

Alegadamente, a dona do estabelecimento tinha dado quatro mil euros pelas joias, mas a “Guardia Civil” admite que o valor pode ser ainda mais elevado.

Após o evento, a vítima achou a situação suspeita e alertou as autoridades, mal se aperceberam que a mulher tinha chamado as autoridades, os três suspeitos fugiram.

As imagens de videovigilância permitiram identificar os homens. 

Os suspeitos foram identificados em Vigo, onde lhes foi comunicado que eram suspeitos do crime de tentativa de burla, falsificação de documentos oficiais e usurpação de funções públicas. 


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito