DestaqueDistrito de Setúbal

Setúbal | “Sem bons professores tudo no nosso país está em causa”

Cerca de uma centena de professores, vindos de todos os agrupamentos de Setúbal, não se deixaram intimidar pelo mau tempo e foram, no dia 12 de dezembro, mostrar o desagrado e as reivindicações deste setor profissional às portas da Câmara Municipal de Setúbal.

Num movimento que, apesar de ter representação sindical foi organizado por professores, veio denunciar a “preocupação” com o novo método de recrutamento de professores, que ainda está a ser decidido pelo Governo, e pela “recuperação do tempo de serviço, uma avaliação justa e sem quotas e o aumento de salários”.

“Não entendo como é que em 20 anos não se fez nada para beneficiar os professores. Podem existir alterações na contratação dos docentes, mas essas medidas têm de ser debatidas com os professores, não pode ser um partido, neste caso de maioria absoluta, a tomar uma decisão unilateral, apesar de ter legitimidade para isso. Se não houver bons professores não há bons alunos, sem bons alunos não há bons médicos ou outro tipo de profissionais, tudo no nosso país está em causa.”, disse Carlos Teixeira, docente no Agrupamento de Escolas de Azeitão.

O novo método de contratação destes profissionais prevê, segundo os professores que se manifestavam, a “transformação dos atuais quadros em mapas de docentes e a sua alocação em função dos perfis, definidos pelas escolas e seus projetos, geridos por um conselho de diretores”, algo que “aterroriza” os trabalhadores do setor da educação.

No seguimento da manifestação o presidente da Câmara Municipal de Setúbal, André Martins, compareceu junto destes professores e demonstrou-se disponível para “defender os interesses dos professores” e que considera esta classe profissional “uma questão central no futuro das crianças”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito