AtualidadeBarreiroDistritosSines

Setúbal | Dois blocos de partos do distrito vão receber verbas para obras e equipamentos

Um total de 25 blocos de parto vão receber 20 milhões de euros do Governo para obras e equipamentos, alguns dos quais a comissão de peritos admitia que encerrassem, como os do Barreiro e da Póvoa do Varzim.

Segundo a informação divulgada esta sexta-feira pela direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, a maior fatia dos 20 milhões, vai para o Centro Hospitalar e Universitário Lisboa Norte (Hospital de Santa Maria), que receberá mais de três milhões de euros.

Entre as unidades selecionadas, das 33 candidaturas, estão os blocos de parto do Centro Hospitalar Barreiro/Montijo, que receberá 836.954 euros, (que a comissão de peritos admitia que podiam encerrar ‘temporariamente ou definitivamente’, por apresentarem dificuldades nas equipas), e a Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano, em Santiago do Cacém, com mais de 1,1 milhões.

De acordo com a informação hoje divulgada pela direção executiva do SNS, foram selecionadas para este investimento 25 instituições, correspondendo a um total de 20.661.174,16 euros (com IVA), sendo que 661.174,16 euros «correspondem a apoios externos que as candidaturas obtiveram, nomeadamente de autarquias e outras entidades».

A nota acrescenta que foram submetidas candidaturas referentes a projetos de 33 instituições hospitalares com blocos de parto e sublinha que, em relação aos hospitais do SNS potencialmente elegíveis, 89% concorreram, e refere igualmente que os blocos de partos que não concorreram «possuem projetos já iniciados ou a iniciar, com financiamento associado a partir de outros programas».

Os valores das propostas corresponderam a cerca de 36 milhões de euros, metade dos quais para renovação das infraestruturas e o restante para equipamento médico.

As despesas elegíveis no âmbito deste programa incluíam aquisição de equipamentos para os blocos de parto e de serviços, nomeadamente estudos e projetos de intervenção infraestrutural nos blocos de parto e intervenções infraestruturais para cumprimento dos programas funcionais aprovados, explica a nota citada pela Lusa.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito