DestaqueJustiçaSesimbra
Em Destaque

Sesimbra | Condenado a 18 anos e meio de prisão por matar compatriota à facada pelas costas

Supremo Tribunal de Justiça argumenta que Muhammad Istiaq revelou ter "uma personalidade pejada de elementos de acentuada raiva e brutalidade muito além do necessário".

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) manteve a pena de 18 anos e seis meses de prisão anteriormente aplicada pelo Tribunal de Setúbal a um homem de 42 anos, de nacionalidade paquistanesa, por ter assassinado à facada, pelas costas, um compatriota, de 40 anos, na Quinta do Conde, em Sesimbra.

O crime ocorreu em Junho de 2021, no Largo do Mercado, e na origem do crime terá estado uma discussão fútil entre os dois junto a uma agência de seguros.

Ficou provado que o homicida, Muhammad Istiaq, atacou a vítima com vários golpes de faca nas costas, o que para os juízes do STJ é revelador de “uma personalidade pejada de elementos de acentuada raiva e brutalidade muito além do necessário ao cometimento do crime e na impossibilidade de a vítima sequer se poder defender, actuando de modo claramente desproporcionado”.

Depois de matar a vítima, o agressor tentou pôr termo à sua própria vida, espetando a faca no peito, mas sem sucesso, tendo recebido tratamento no hospital e, depois, sido detido.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito