Distrito de Guarda

Ricardo Lourenço é o grande vencedor do 3.º Concurso de Fotografia da Rewilding

Concurso dá prémio a Ricardo Lourenço.

Depois de uma edição especial do Concurso de Fotografia Rewilding em Cascais, o terceiro concurso nacional, um dos mais importantes concursos de fotografia de natureza em Portugal, voltou a ser organizado este ano pela Rewilding Portugal, em colaboração com a Câmara Municipal de Sabugal e a Naturcoa.

A cerimónia de entrega de prémios decorreu este sábado, tendo Ricardo Lourenço conquistado três prémios.

A 3.ª edição do Concurso Fotográfico Rewilding foi organizada em colaboração com a Naturcoa, um evento nacional de referência na fotografia de natureza, que decorreu este fim de semana no âmbito da parceria entre a Rewilding Portugal e o Município de Sabugal.

A cerimónia de entrega de prémios decorreu no sábado, tendo sido distinguidos três fotógrafos em cada uma das quatro categorias (Fauna, Flora e Fungos, Paisagem Natural e Jovem Fotógrafo). Integrada no vasto e rico programa deste fim de semana da Naturcor, a cerimónia de entrega de prémios decorreu no sábado à tarde, no auditório do Museu Municipal de Sabugal.

O grande prémio deste ano foi atribuído ao fotógrafo Ricardo Lourenço, que conquistou o primeiro prémio na categoria fauna, o primeiro prémio na categoria paisagem natural e o segundo prémio na categoria flora e fungos.

De salientar ainda o vencedor da categoria Flora e Fungos, Hugo Amador, e o novo vencedor da categoria Jovem Fotógrafo, Nuno Fialho.

Categoria Jovem Fotógrafo (1.º: Nuno Fialho, 2º: João Albuquerque, 3º: Alexandre Dorgner), Categoria Paisagem Natural (1.º: Ricardo Lourenço, 2º: Francisco Nunes, 3º: Mário Cunha), Categoria Flora e Fungos (1.º: Hugo Amador segundo: Ricardo Lourenço, terceiro: Pedro Lemos), e a categoria fauna (primeiro: Ricardo Lourenço, segundo: Nuno Alves, terceiro: Renato Lainho).

Além disso, foram selecionadas 16 menções honrosas em várias categorias. Vasco Costa, Hugo Amador, João Ferreira, João Moralinho, Carolina Pardal, Ze Amaral (2), Eduardo Flor, Renato Lainho, Rui Neto, Daniel Santos e Luis Agostinho de entre centenas de fotografias submetidas, Luis Afonso, Sofia Silva, Ricardo Ramos e Gonçalo Fazenda receberam menções honrosas.

O vencedor recebeu 250 euros, o segundo lugar 150 euros e o terceiro 75 euros. Os vencedores destes prémios foram também presenteados com um troféu de lince ibérico.

O lince ibérico é uma espécie importante que simboliza o movimento de rewilding e o local do evento, a região de Subgar.

Os vencedores dos prémios de honra receberam certificados. O 4.º Congresso voltará a realizar-se no próximo ano, em 2024, dando continuidade aos projetos de sucesso na região do Grande Vale do Core e à agenda Rewilding Portugal, prometendo mais novidades e motivos de interesse.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito