Desporto

Pepe apresenta queixa na PSP contra jogador do Famalicão por alegado insulto racista

O capitão do FC Porto Pepe acusou esta quinta-feira o médio argentino do Famalicão Colombatto de insulto racista durante o jogo da Taça de Portugal, que os dragões venceram ontem por 3-2 após prolongamento.

Pepe acusa o jogador do Famalicão de lhe chamado “mono” (significa macaco, em espanhol) e critica o árbitro por nada ter feito. Hoje, a newsletter do FC Porto, Dragões Diário, dá conta de que Pepe apresentou queixa na PSP.

“É lamentável acontecer isto nos dias de hoje, sou capitão do FC Porto e da Selecção, respeito muito esta profissão, sou o que sou por causa deste desporto e nós temos de dar o exemplo, ganhando ou perdendo”, disse Pepe, no final do jogo, aos microfones da RTP.

Esta sexta-feira, a newsletter portista avança então com a informação: “O jogo também ficou marcado pelos insultos racistas dirigidos por Colombatto a Pepe. O argentino do Famalicão chamou “mono” – ou seja, “macaco” – ao capitão do FC Porto e da selecção de Portugal, que reagiu com elevação. (…) Pepe não deixou de criticar o árbitro, que assistiu ao que se passou e não actuou. (…) Para que a atitude de Colombatto não passe impune, o central apresentou queixa à Polícia de Segurança Pública imediatamente após o jogo”.

Entretanto, e segundo o jornal A Bola, Colombatto assegura que apenas disse a Pepe que este lhe tinha dado um “patadón”, isto é, uma entrada mais ríspida, tendo também chamado o jogador do FC Porto de “boludo” (imbecil/idiota) e não de “mono”.


ÚLTIMA HORA! O seu Diário do Distrito acabou de chegar com um canal no whatsapp
Sabia que o Diário do Distrito também já está no Telegram? Subscreva o canal.
Já viu os nossos novos vídeos/reportagens em parceria com a CNN no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!
Siga-nos na nossa página no Facebook! Veja os diretos que realizamos no seu distrito